Vídeos

José Manuel Pureza (Deputado e Vice-Presidente da Assembleia da República) visitou a USF de Condeixa, tendo reunido com a Dra. Rosália Perreira (Coordenadora da USF) e a Dra. Carla Silva. "O SNS é a base da nossa democracia!", afirmou José Manuel Pureza e destacou o excelente trabalho dos profissionais desta USF perante as dificuldades existentes na contratação de mais recursos humanos. (Video feito por Ricardo Martins).

Resoluções Mesa Nacional

Notícias

Bloco Concelho de Coimbra

Com esta nova história familiar, Ken Loach e o seu argumentista, Paul Lavert, dissecam cada etapa do desastre social e intimo da uberização que provoca, pela implosão de cada indivíduo, a explosão do coletivo. Cada cena, rodada ao milímetro, combina sobriamente o calor do olhar sobre os membros da família e a implacável mecânica fria do sistema que os esmaga.

Bloco Distrital de Coimbra

No dia 2 de outubro, pelas 21h30, na Praça 8 de Maio, Coimbra realizaremos um comício do Bloco, com a presença da Coordenadora Nacional, Catarina Martins, os candidatos Bruno Gonçalves, Mariana Garrido, José Manuel Pureza e Marisa Matias, eurodeputada. E música de Rui David. Contamos contigo. Traz amigos/as também...

Bloco Distrital de Coimbra

No dia 1 de outubro, vai haver uma sessão para a apresentação do documentário "Subterrâneos da Precariedade", de Luís Monteiro. A visualização do filme será acompanhada por um debate com Luís Monteiro, Gonçalo Leite Velho, Ernesto Costa e Mariana Garrido, moderado por Sara Araújo. O evento, decorrerá, na Galeria Santa Clara, às 21:30h. Contamos contigo! Aparece e traz um/a amigo/a também.

Bloco Distrital de Coimbra

No dia 30 de setembro, vai haver uma sessão pública com o nome "O passado no presente: que políticas da memória para hoje?".A sessão contará com a participação de Fernando Rosas, Rui Bebiano e Miguel Cardina. A moderação será feita por Maria Helena Loureiro. O evento decorrerá, no Café Santa Cruz, na Praça 8 de Maio, a partir das 21h30. Contamos contigo! Aparece e traz um/a amigo/a também!

Bloco Concelho de Coimbra

Há muito tempo que as condições de funcionamento do Palácio da Justiça de Coimbra se mostram extremamente deficientes face às evidentes limitações físicas e funcionais do edifício em que está instalado. Desde a sobrelotação dos espaços disponíveis com inúmeras valências entretanto criadas, secções cíveis em estado de degradação gravíssima, localização de juízos criminais e de execução de penas sem qualquer articulação, ao desrespeito pelos direitos de acesso de pessoas com deficiência e culminando nas condições de trabalho de magistrados, advogados e funcionários muito abaixo do minimamente exigível. O BE há muito vem exigindo a rápida construção de um novo Palácio da Justiça. 

Bloco Concelho de Coimbra

No dia 25 de setembro, houve um encontro com jovens, na Galeria de Santa Clara, que contou com as presenças de José Manuel Pureza e Catarina Isabel Martins, onde se falou de forma aberta e livre sobre as preocupações, os desejos e as dúvidas desta geração.

Bloco Concelho de Coimbra

No dia 25 de setembro, o BE 4 instituições do distrito que se dedicam à formação artística: Curso de Estudos Artísticos da FLUC, Conservatório de Música de Coimbra, o Teatrão e Phylarmonica Ançanense. O trabalho que desenvolvem, de forma diversa e complementar, contribui de forma decisiva não só para a formação de novos profissionais mas também para o alargamento de públicos mais informados, críticos e exigentes. As dificuldades e os desafios com que cada uma delas se confronta confirmam a pertinência de um programa que não hesita em colocar o direito às artes, à cultura e ao património entre as suas prioridades.

Opinião

É urgente que as recomendações da comunidade científica sejam seguidas no combate às alterações climáticas, da mesma forma como foram seguidas para combater o Buraco do Ozono, para bem da humanidade.

A frase certeira é de Célia Xakriabá. Ao longo desta semana, e durante os próximos dias, a Associação "Articulação dos Povos Indígenas do Brasil" (APIB), em parceria com organizações da sociedade civil, dão corpo à campanha “Sangue Indígena: Nenhuma Uma Gota Mais”.

Que a deficiência é causa de discriminações e de negação de direitos é uma evidência. Esse é um sinal de atavismo da sociedade e de continuada desatenção dos poderes.