Notícias

Dezembro 18, 2013 05:35 PM

O Bloco de Esquerda de Coimbra manifesta a sua solidariedade com a luta dos professores contra a inútil e humilhante Prova de Avaliação de Conhecimentos.

Novembro 22, 2013 03:03 PM

O Bloco de Esquerda de Coimbra saúda viva e fraternalmente os trabalhadores e sindicatos reunidos em Coimbra no 9.º Congresso da USC/CGTP/IN expressão organizada e combativa dos trabalhadores da região.

Março 14, 2013 05:20 PM

No passado sábado, dia 9 de Março, realizou-se uma Assembleia para a eleição de uma nova Coordenadora Disfrital de Coimbra para o biénio 2013/2015. Veja a sua composição.

Novembro 11, 2012 10:45 PM

No encerramento da VIII Convenção do Bloco, este domingo, Catarina Martins defendeu como “primeira prioridade” a demissão do Governo e que a troika “é o inimigo a vencer”. Marcando o tempo da renovação, João Semedo evocou os quatro fundadores do Bloco, afirmando que “é preciso continuar sempre”.

Novembro 5, 2012 02:52 PM

Os números apurados das eleições deste fim de semana carecem ainda de confirmação e validação por parte da Comissão Organizadora da Convenção. A Moção A elege 406 delegados/as e à Moção B 84. As Plataformas Regionais contabilizaram a eleição de 17 delegados/as.

 

Na mesa eleitoral do  Concelho de Coimbra, a Moção A elegeu 15 delegado/as e a Moção B 2. Na mesa eleitoral dos demais concelhos do Distrito, a Moção A elegeu a totalidade do/as delegados (7).

Outubro 27, 2012 10:20 PM

No encerramento das Jornadas Parlamentares do Bloco de Esquerda, os deputados Francisco Louçã e Pedro Filipe Soares apresentaram as 6 medidas para salvar a economia que “escolhem as pessoas e não a ganância dos credores,” respondem “ao maior desafio orçamental de sempre” e desmentem a “inevitabilidade” das políticas do Governo PSD-CDS e da Troika.

Outubro 25, 2012 03:27 PM

Francisco Louçã sai do parlamento, invocando que "o princípio republicano marca limites à representação que tenho desempenhado”. Na declaração, salienta que continuará na vida política “com os mesmos valores e com a mesma dedicação ao Bloco”, frisando ainda: “saio exatamente como entrei, com a minha profissão, sem qualquer subsídio e sem qualquer reforma”. Sobre o que fará a partir de hoje, Francisco Louçã antecipa a resposta “dedicarei o que sei e o que posso à luta por um governo de esquerda contra a troika”.

Opinião

A indiferença com que a direita portuguesa encara o fenómeno Bolsonaro no Brasil só acrescenta credibilidade à necessidade de olhar para atores como Ventura com a atenção política devida.

Hoje, é precisamente nesse ponto em que encontram as negociações. Negoceia-se qual o momento até ao final da legislatura, em que o salário mínimo será aumentado dos atuais 580 para 600 euros.